<span class="bn">Nota azul: <br>Freud, Lacan e a arte</span><span class="as">Alain Didier-Weill</span>

Código: 9788577401628
R$ 42,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 42,00 Boleto Bancário
  • R$ 42,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

TÍTULO:

Nota Azul:
Freud, Lacan e a arte

RESUMO:

Autor(Alain Didier-Weill)
com a colaboração de Chawki Azouri,
Claude Rabant e Marco Antonio Coutinho Jorge
Tradução de Cristina Lacerda e Marcelo Jacques de Moraes
Coedição Corpo Freudiano Seção Rio de Janeiro
Coleção Janus, n. 8
ISBN 978-85-7740-162-8
2014, 2ª edição, 80 p., 16 x 23 cm


DESCRIÇÃO:

O que a prática do psicanalista não cessa de lembrar é que a mestiçagem de substâncias tão heterogêneas quanto o são a materialidade do corpo humano, a imagem que dele se tem e o verbo nele enxertado institui entre corpo, imaginário e palavra uma nodulação, cujo caráter problemático se traduz pelo sofrimento a que chamamos de sintoma.

À luz desse ensinamento cotidiano concedido ao psicanalista, Alain Didier-Weill interroga as relações existentes entre a arte e a psicanálise, valendo-se, sobretudo, das incidências do ensino de Jacques Lacan sobre a função do real na estruturação do psiquismo humano.

Entre os efeitos clínicos que aborda, com ênfases distintas na concepção freudiana de sublimação, nos tempos necessários à subjetivação e no circuito pulsional, destaca-se a elaboração de como se pode assumir o reconhecimento de que, não sendo senhores da palavra, somos instituídos pelo que dizemos.

 

Alain Didier-Weill

Psicanalista e psiquiatra. Foi membro da École Freudienne de Paris, fundada por Jacques Lacan. Um dos idealizadores do Inter-Associatif de Psychanalyse, criou a Association Insistance (Paris/Bruxelas) Autor de vários livros, entre os quais Lacan e a clínica psicanalítica, Os nomes do pai e Un mystère plus lointain que l’inconscient. Dramaturgo, escreveu também diversas peças de teatro, entre as quais Freud – Einstein, maio de 1933.

 

Chawki Azouri

Psiquiatra e psicanalista. Foi membro da Escola Freudiana de Paris, fundada por Jacques Lacan. Participou da fundação da École Libanaise de Psychanalyse et de Psychothérapie (ELPP) e, em 2006, do Serviço de Psiquiatria e Psicoterapia Institucional do Hospital Mont-Liban, em Beirute, atualmente dirigido por ele. Autor de “Tive êxito onde o paranoico fracassa”: teoria e transferência(s), publicado pela Contra Capa em 2017.

 

Claude Rabant

Psicanalista e filósofo. Foi membro da École Freudienne de Paris, fundada por Jacques Lacan, e um dos fundadores do Cercle Freudien. Criou as revistas Patio e Io. Autor de Délire et théorie, Clins e Inventer le réel: déni entre perversion et psychose

 

Marco Antonio Coutinho Jorge

Psiquiatra. Psicanalista. Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicanálise do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Diretor do Corpo Freudiano Seção  Rio de Janeiro. Membro da Association Insistance, Paris / Bruxelas. Autor de Fundamentos da psicanálise, vol.1: as bases conceituais (2000) e coautor de Freud: o criador da psicanálise (2002) e Lacan: o grande freudiano (2005), além de vários artigos publicados em revistas e coletâneas no Brasil, Argentina, Colômbia, México, Canadá, França e Itália.

 

Sumário       Apresentação  

 

R$ 42,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Contra Capa Livraria Ltda. - CNPJ: 68.575.083/0001-80 © Todos os direitos reservados. 2021


Para continuar, informe seu e-mail

Social