<span class="bn">Amor, ódio & ignorância: <br>literatura e psicanálise</span><span class="as">Nadiá Paulo Ferreira</span>

Código: 9788587184326
R$ 45,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 45,00 Boleto Bancário
  • R$ 45,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

TÍTULO:

Amor, ódio & ignorância:
literatura e psicanálise

RESUMO:

Autor(Nadiá Paulo Ferreira)
Coedição Corpo Freudiano Seção Rio de Janeiro / Rios Ambiciosos / Faperj
Coleção Janus, n. 3
ISBN 978-85-87184-32-6
2005, 1ª edição, 192 p., 14 x 21 cm


DESCRIÇÃO:

Este livro surpreenderá o leitor em muitas de suas qualidades: a originalidade com que são tecidas as relações entre literatura e psicanálise; seu modo delicado de desfazer velhos problemas que contribuíram mais para confundir que para evidenciar a fecundidade e a singularidade de cada um desses campos – por exemplo, a tendência, inaugurada pelos surrealistas, de atribuir ao trabalho literário valor analítico –; e a forma por meio da qual são abordados textos literários, de modo que esta, mais que interpretá-los em nome de uma teoria ou mito qualquer, preserva a função da leitura e o seu poder de (re)velar a verdade.

Nadiá Paulo Ferreira se vale de um fio condutor para traçar os caminhos por onde se cruzam esses dois modos discursivos que têm em comum as práticas da fala e da escrita: as três paixões do ser, às quais Jacques Lacan se refere em seu primeiro Seminário. Vale precisar, no entanto, que a opção por tal recurso não é apenas alusiva e, por isso mesmo, não se presta aos vícios do emprego forçado de teses lacanianas e de sua repetição cega. Evidenciam-se as sensibilidades teórica e estética da autora, ambas cultivadas ao longo de sua trajetória como psicanalista e estudiosa da literatura, e que aqui estão testemunhadas por seu empenho em empreender ema longa e diligente explicitação dos fundamentos do núcleo de suas argumentações.

De um lado, essa fundamentação é generosamente oferecida por meio de uma exegese dos conceitos psicanalíticos de pulsão, desejo, traço unário, ideal do eu, eu ideal, supereu, das DIng e gozo, entre outros, todos imprescindíveis à abordagem da três formas de identificação de que resultam os modos com que o amor se manifesta. De outro, sobressaem-se entre as referências literárias presentes O banquete, de Platão, representando a percepção moderna sobre o amor, e dois textos da escritora portuguesa Ana Hatherly, O mestre e Tisanas, utilizados como ponto de fuga do mito do amor. Entretecidas nesse diálogo, decantam-se então novas possibilidades de apreensão das relações entre amor, ódio e ignorância, conferindo a este trabalho grande importância no campo psicanalítico atual. Laéria Fontenele

 

Nadiá Paulo Ferreira

Psicanalista. Membro do Corpo Freudiano Seção Rio de Janeiro. Professora titular de Literatura Portuguesa da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Dedica-se há muitos anos ao estudo do amor e de suas relações com o desejo e o gozo. Autora de Poesia barroca: antologia do século XVII em literatura portuguesa (2000) e A teoria do amor (2004), além de vários artigos publicados em periódicos e coletâneas nacionais e internacionais.

 

Sumário      Apresentação  

 

R$ 45,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Contra Capa Livraria Ltda. - CNPJ: 68.575.083/0001-80 © Todos os direitos reservados. 2021


Para continuar, informe seu e-mail

Social