<span class="bn">Escritos policiais</span><span class="as">Elísio de Carvalho</span>

Código: 9788577402625
R$ 35,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 35,00 Boleto Bancário
  • R$ 35,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

TÍTULO:

Escritos policiais

RESUMO:

Autor(Elísio de Carvalho)
Organização de Diego Galeano e Marília Rodrigues de Oliveira
Coedição Faperj
Coleção Rio de Crônicas, n. 4
ISBN 978-85-7740-262-5
2017, 174 p., 16 x 23 cm


DESCRIÇÃO:

Este volume reúne seis séries de crônicas publicadas por Elísio de Carvalho na imprensa carioca entre 1910 e 1913. Parte de um conjunto mais vasto saído nos jornais da então capital federal, os textos são atravessados pela emergência de uma criminalidade sofisticada e pretensamente civilizada, e a aspiração a uma modernização da polícia que permitisse combatê-la. Elísio se nutria tanto de observações diretas do mundo de criminosos e policiais, fruto de sua atuação como diretor do Gabinete de Identificação e Estatística da Polícia do Rio de Janeiro, quanto da leitura de criminologistas da moda e de livros surgidos no então incipiente campo internacional da chamada “polícia científica”.

O acesso aos arquivos da polícia e a inúmeros prontuários de criminosos presos na Casa de Correção, onde se localizava o Gabinete de Identificação e Estatística, permitiu ao autor não apenas reconstituir histórias de ladrões, estelionatários e falsários que alcançaram certa projeção nesse período, mas também apresentar a seus leitores um universo delitivo no qual se misturavam prostitutas, proxenetas, jogadores, tatuadores e consumidores de morfina e de ópio, entre outros personagens em geral desconsiderados do mundo urbano no Rio de Janeiro da Primeira República.

 

Diego Galeano

Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor do Departamento de História da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Autor dos livros Escritores, detectives y archivistas: la cultura policial en Buenos Aires, 1821–1910 (Teseo, 2009) e Criminosos viajantes: circulações transnacionais entre Rio de Janeiro e Buenos Aires, 1890–1930 (Arquivo Nacional, 2016).

 

Marília Rodrigues de Oliveira

Mestre e doutoranda pelo Programa em História Social da Cultura da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Publicou artigos e capítulos de livro sobre a história social da imprensa criminal e a história transnacional das práticas policiais.

 

Sumário      Apresentação 

 

R$ 35,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Contra Capa Livraria Ltda. - CNPJ: 68.575.083/0001-80 © Todos os direitos reservados. 2021


Para continuar, informe seu e-mail

Social