<span class="bn">Festas e os dias: <br>ritos e sociabilidades festivas, As</span><span class="as">Maria Laura V. de C. Cavalcanti <br>José Reginaldo S. Gonçalves [org.]</span>

Código: 9788577400126
R$ 48,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 48,00 Boleto Bancário
  • R$ 48,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

TÍTULO:

As festas e os dias:
ritos e sociabilidades festivas

RESUMO:

Autor(Maria Laura V. de C. Cavalcanti
José Reginaldo Santos Gonçalves [org.])
ISBN 978-85-7740-012-6
2009, 1ª edição, 272 p., 16 x 23 cm


DESCRIÇÃO:

Estão reunidos aqui nove textos, cujo ponto de interseção é a investigação etnográfica de ritos encontrados em diferentes contextos culturais. Em conjunto, as análises empreendidas lidam com a densidade, os limites e os usos da compreensão antropológica dos rituais à luz de sua variação etnográfica. Dito de outro modo, estão atentas à confluência das categorias nativas em jogo na recorrência desses rituais com as categorias que conformam a reflexão do antropólogo.

Nesses termos, a genealogia da noção de ritual empreendida numa perspectiva etnográfica reflui para uma tríplice constatação: toda teoria do ritual é também uma teoria da cultura; a dimensão simbólica da experiência humana é irredutível à sua apreensão tanto psicológica quanto social, econômica ou política; e os ritos configuram algo eminentemente criativo, cujos desdobramentos redefinem a vida social em que eles se manifestam.

As festas do Divino Espírito Santo de imigrantes açorianos, os festejos das tabancas de Cabo Verde, os ranchos carnavalescos do Rio de Janeiro no início do século XX, os folguedos do boi, as tradições cômicas do bumba-meu-boi no Maranhão, a montagem do circo, o riso grotesco e o riso festivo em narrativas kaxinawa, o disfarce ritual entre os Arara e o filme Os mestre loucos, de Jean Rouch, conformam o horizonte dos problemas abarcados num mesmo solo conceitual, deixando ver que o universo analítico recriado pela etnografia dos rituais interessa não só aos antropólogos, como também a historiadores, folcloristas, dramaturgos, lingüistas, psicanalistas e pesquisadores da cultura de modo geral.

 

Textos de

Els Lagrou | Gilmar Rocha | José Reginaldo Santos Gonçalves | Luciana Carvalho | Marcia Contins | Marco Antonio Gonçalves | Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti | Márnio Teixeira-Pinto | Renata de Sá Gonçalves | Wilson Trajano Filho

 

Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti

Professora do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia e do Departamento de Antropologia Cultural, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pesquisadora do CNPq. Autora de O rito e o tempo: ensaios sobre o carnaval (1999) e Carnaval carioca: dos bastidores ao desfile (2006, 3ª ed). Desenvolve pesquisas sobre festas e rituais populares contemporâneos e sobre a história da antropologia no país.

 

José Reginaldo Santos Gonçalves

Professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro. PhD em Antropologia Cultural pela University of Virginia. Pesquisador do CNPq. Autor de A retórica da perda: os discursos do patrimônio cultural no Brasil (1997) e de diversos artigos sobre os discursos do “patrimônio cultural” na modernidade.

 

Sumário      Apresentação  

 

R$ 48,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Contra Capa Livraria Ltda. - CNPJ: 68.575.083/0001-80 © Todos os direitos reservados. 2021


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade

Social